quinta-feira, dezembro 07, 2006

Careca

Esteve para ser o homem do primeiro post, vai agora nesta espécie de reactivação do blog. E vai todo ele escrito de memória. É o caso típico de um jogador que morreu à "nascença". Foi assassinado futebolisticamente por Sousa Cintra logo à chegada a Portugal, proveniente do Brasil. Com uma só tirada e entre uma passa no charuto: "É o novo Eusébio".
Careca jogava (jogava é uma força de expressão) no meio com a função de apoiar (apoiar é outra força de expressão) o ataque. Jogou (outra força de expressão) também no Famalicão, clube que o Sporting colocou em tribunal, exigindo uma indeminização de um milhão de contos. Por causa de Careca.